Maneio reprodutivo

 

 

            Durante o ciclo de produção são consideradas 2 épocas de cobrição, em Maio e Novembro, com as consequentes épocas de parto, em Setembro e Março. Pretende-se, assim, evitar que os leitões estejam sujeitos aos rigores ambientais do Verão e do Inverno.

            Após confirmação da gestação, os machos são separados das fêmeas e agrupados num dos parques, onde permanecem até à época seguinte. As fêmeas gestantes ocupam os parques de cobrição até cerca de 15 dias antes do parto, sendo, então, transferidas para os parques de lactação, onde permanecem até ao desmame dos leitões (± 45 dias).

            Após o desmame, as fêmeas voltam aos parques de cobrição e os leitões vão para o parque de recria, onde permanecem até atingirem 10-12 kg de P.V., sendo, então, vendidos.

            As fêmeas de cada raça são exploradas em linha pura (monta natural)e recorre-se à inseminação artificial para substituição de machos reprodutores.

           

 

 

 

[Voltar à página inicial]